Opinião do Curinga sobre as Manifestações

9608

O que o Curinga de Heath Ledger diria sobre a situação atual das manifestações, com os fatos ocorridos até o chamado “dia de lutas” [Manifestação do MPL, 0,20 centavos, revolta do vinagre, nova “constituinte específica abortada, proposta de plebiscito emperrada no congresso]

“Professores tem salários de merda há décadas…

a inflação volta a subir…

os juros SELIC do Banco Central voltam a subir….

deputados se dão aumentos…

multinacionais tomam dinheiro emprestado do BNDES….

a FIFA manda no Brasil … 

crianças morrem de fome no sertão…

índios são afastados de suas terras…. e até mortos

moradores do pinheirinho são tirados à força…

doentes esperam nos corredores dos hospitais…. e recebem tratamento no chão

FHC e Sarney entram pra ABL, mas Quintana, Clarice e Drummond não….

POR MAIS HORRÍVEL QUE SEJA TUDO ISSO, TODO MUNDO FICA TRANQUILO, POIS ESTÁ “TUDO DE ACORDO COM O PLANO”, POR PIOR QUE O PLANO SEJA….

*** MAS *** , se jovens de classe média e pessoas da periferia fazem mobilização sem pauta única definida e sem partido liderando… sem acordo de gabinete ….

TODO MUNDO PERDE A CABEÇA!!!!”

– CURINGA, SOBRE AS MOBILIZAÇÕES

É preciso lembrar que o momento atual JAMAIS seria possível sem que os jovens saíssem às ruas no mês de junho.

E que aqueles que fazem parte de estruturas de poder que se colocavam como “os únicos responsáveis” pela mobilização popular estavam dormindo no ponto, inativos, tudo passando em brancas nuvens.

Somente após estes dias de grande adesão espontânea, é que os outros atores políticos decidiram (foram forçados a) sair do marasmo e agir nas ruas, publicamente, sem ficar só nos chás de cadeira de gabinete, em “tenebrosas transações”.

Mas este momento atual está sendo vendido como se fosse o começo de algo, como se fosse “o dia D” …. mas não é.

Se muito, é um “dia E”. O dia “D” foi o da adesão maciça sem cabrestos. Hoje, temos máquinas sindicais nas ruas. Nos outros dias, tivemos adesão popular espontânea. Olha só:

11/07/13

CUT-e-Força-Sindical

20/06/13, Campinas

Manifest-Campinas

Eu vejo as duas e não posso parar de pensar que, a de Campinas, sem a máquina dos sindicatos, tem muito mais relevância política. Pois se formou sem lideranças convocando, pelo interesse político puro. Ok, teve o MPL que “acendeu o pavio”, mas ele não conseguiria agregar tanta gente por si. Ok, não foi “uniforme”, mas pera aí: cada um levou sua mensagem, não teve essa de pacote fechado no que falar, na pauta, nos materiais que carregar, etc. Isso não é bom?

O que muitos viram como caos e desordem, eu vi como pluralidade e liberdade de pensamento.

E para piorar, vejo muitos acostumados com as estruturas que reagiram ao “Dia D” dos jovens, querer ignorar ou desqualificar o que foi feito.

É preciso voltar ao começo, aos princípios, e se há discussão partidária, antes dela há discussão ideológica, e antes dessa a de “esquerda e direita”, mas mesmo esta tem uma discussão principiológica bem abrangente que a precede: a colaboração x competição. A solidariedade altruista x o individualismo egoísta.

E o que isso tem a ver? É que as correntes, os partidos, a “esquerda” ou a “direita”, se colocam como se fossem os únicos donos da solidariedade, da colaboração e do altruísmo. Mas no momento de discutir, se esquecem destes princípios e se perdem em disputas de poder e rusgas pessoais.

Por isso, nessa salada de esquerda x direita, penso que o mais importante é cada um de nós analisar a situação, usar do nosso conhecimento, mesmo que limitado, e se preciso for pesquisar mais (o google tá aí …). Não dá mais para esperar um salvador da pátria resolver os nossos problemas: chegou o momento de nós, cidadãos não vinculados às estruturas de poder, agirmos politicamente. Tomar o nosso destino com nossas mãos.

O primeiro passo foi dado: SENTIR que alguma coisa está errada e precisa ser feita. O segundo passo também foi dado: AGIR indo às manifestações, e questionando os assuntos online, e pesquisando informações desenvolvendo o senso crítico.

Penso que é o momento de continuar assim, PENSANDO por si mesmo, discutindo, compartilhando idéias. Só assim, trocando pecinhas do quebra-cabeça com outros cidadãos, poderemos descortinar o labirinto de espelhos que colocam na nossa frente…..

 

pense!-HI-FI

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s